Seis por metade de meia duzia...

"aquilo que se faz por amor está além do bem ou do mal". - Nietzsche

quarta-feira, 29 de janeiro de 2014

Prefeitura garante 25 mil novas vagas para rede municipal de ensino


 
A Prefeitura de São Luís abre, a partir desta quarta-feira (29), período de matrículas para 25 mil novos estudantes nas escolas da Educação Infantil e Ensino Fundamental da rede municipal de ensino. O prazo vai até esta sexta-feira (31). Com as novas inscrições, a rede terá mais de 90 mil crianças e adolescentes, distribuídas em cerca de 250 escolas. O acesso de crianças e adolescentes à educação é um dos compromissos assegurados pelo prefeito Edivaldo Holanda Júnior.
 
Para fazer a matrícula, a Secretaria Municipal de Educação (Semed) pede aos pais e responsáveis que apresentem os seguintes documentos: certidão de nascimento ou carteira de identidade da criança, carteira de identidade e CPF do responsável pela criança, comprovante de residência, cartão do Bolsa-Família (se houver), cartão do SUS e caderneta de vacinação devidamente atualizada, no caso de crianças de até seis anos.
 
 
Entretanto, a Semed garante que nenhuma escola deixará de receber a matrícula de uma criança se não forem apresentados todos os papéis necessários. “Nenhuma criança será barrada por falta de documentos. Temos que colocar todas as crianças dentro da escola. Esse é o padrão do Ministério da Educação, do Unicef, do qual o prefeito Edivaldo Holanda Júnior não abre mão”,disse o secretário de Educação, Geraldo Castro.
 
Considerados documentos importantes dentro da rede de proteção à criança, eles ajudarão a refinar a análise da realidade em que estão inseridos hoje os alunos da rede municipal de educação, fomentando assim medidas capazes de garantir um melhor tratamento aos estudantes. Esse diagnóstico será feito a partir do sistema de gestão informatizada de matrículas, possibilitado a partir de convênio assinado com o Centro de Pesquisa e Desenvolvimento em Telecomunicações (CPqD) em dezembro de 2013.
PROJETO PILOTO
 
A gestão informatizada de matrícula está em fase de implantação em dez escolas da Educação Infantil do polo Coroadinho e pertence ao processo global de modernização das escolas. O ingresso dos 1.027 estudantes nas unidades de ensino deste polo será feito de maneira diferenciada. Em vez de os pais de alunos de tais escolas comparecerem às unidades em que desejam efetuar matrícula, será preciso ir a duas centrais de atendimento: as Unidades de Ensino Básico Darcy Ribeiro e Luís Viana.
 
Além das crianças da própria escola, a Unidade de Ensino Básico (UEB) Darcy Ribeiro receberá a matrícula dos estudantes que desejam frequentar a creche Darcy Ribeiro, e as escolas Nadir Moraes, Rosa Mochel e Vera Macieira. Já a UEB Luís Viana atenderá a quem deseja estudar no anexo das escolas Raio de Luz e Ipase de Baixo, além das escolas Miguel Lins, Nielza Matos e Rivanda Berenice Braga.
 
Nesses casos, basta ir a uma das duas escolas com a documentação correspondente e especificar a unidade de ensino para a qual deseja matrícula. Durante os três dias de matrícula, haverá distribuição de senhas – cerca de 200 por dia em cada central de atendimento – para facilitar o processo.
O registro dos alunos será feito mediante a apresentação de senhas, distribuídas no mesmo local e dia da matrícula. Pais e responsáveis já sairão do atendimento com o comprovante de matrícula em mãos.
 
Nas demais escolas da rede municipal de ensino, a matrícula será efetuada de maneira tradicional. Os pais devem dirigir-se diretamente às escolas onde desejam matricular os filhos.
 
Após a fase de matrículas, os gestores de todas as escolas da capital disponibilizarão as informações sobre os estudantes para serem digitalizadas e inseridas em um sistema integrado, permitindo que elas sejam acessadas online. No futuro, essa medida vai trazer praticidade, agilizar processos, como a consulta por disponibilidade de vaga em uma escola e evitar transtornos comuns como a duplicidade de matrículas.
CAPACITAÇÃO
 
A Semed mobilizou a melhor estrutura disponível nas escolas para garantir um atendimento qualificado às crianças e suas famílias durante o procedimento de matrícula. Com o apoio da Universidade Federal do Maranhão, que cedeu o laboratório para treinamento e suporte técnico do Núcleo de Tecnologia da Informação da universidade, mais de cem pessoas foram capacitadas para a informatização desses processos. Além disso, foram disponibilizados 20 computadores para o atendimento e cadastro informatizado.
 
Edvânia Ferres participou do treinamento e será uma das coordenadoras de Central de Atendimento durante o período de matrícula. Para ela, a capacitação foi proveitosa e permitiu que a turma obtivesse preparação adequada para o manuseio do sistema. “Os pais certamente encontrarão um processo de matrícula organizado, com a presença de profissionais capacitados para fornecer as orientações necessárias”, afirma.

Nenhum comentário:

Faça seu pedido de amizade no FACEBOOK...

Click na imagem...