Seis por metade de meia duzia...

"aquilo que se faz por amor está além do bem ou do mal". - Nietzsche

terça-feira, 18 de fevereiro de 2014

Padrasto é preso em flagrante por torturar enteados

Padrastro 1815

Padrasto é preso em flagrante por torturar enteados

Dejacir Beserra da Silva, de 33 anos, foi preso nesta segunda-feira (17), após denúncias recebidas pela PM, por meio do 190. Vizinhos informaram que os enteados dele, uma criança de 5 e outra de 7 anos, estariam sendo vítimas de maus-tratos.
 
Na residência localizada na rua Henrique Dias, bairro Vila Nova, a polícia encontrou uma delas, o menino de 5 anos, ajoelhado em cima de caroços de arroz cru, sob “vigilância” do padrasto.
 
“Quando nós chegamos na casa, o menor, de 5 anos, estava de joelhos, em cima dos caroços de arroz, com as mãos na parede. A outra criança, a menina de 7 anos, disse que já tinha algum tempo que o irmão estava alí. Perto deles, nós ainda encontramos uma garrafa de plástico cortada, uma embalagem de amaciante, que era onde as crianças eram obrigadas a fazer as necessidades fisiológicas, segundo a menina. Tinha urina dentro”, relatou o soldado Saraiva, que fez a prisão do padrasto.
 
Conselheiros tutelares foram chamados para acompanhar o caso. A mãe logo foi localizada. Ela alegou que trabalha como diarista, passa o dia fora de casa, e não sabia o que acontecia, mas, segundo os conselheiros, as crianças também afirmam que apanhavam com frequência da mãe.
 
O pai da criança foi identificado pelos conselheiros e informou que, há um mês, foi proibido de ver os filhos, porque o companheiro da ex-mulher é muito ciumento. O menino de 5 anos, além das marcas no joelhos, tem hematomas pelo corpo, que ele disse ao pai ser resultado da agressão sofrida em casa.
 
A mãe foi conduzida ao Plantão Central para prestar depoimento. As crianças seriam levadas ao IML, para fazer exames de corpo de delito.

Nenhum comentário:

Faça seu pedido de amizade no FACEBOOK...

Click na imagem...