Seis por metade de meia duzia...

"aquilo que se faz por amor está além do bem ou do mal". - Nietzsche

segunda-feira, 10 de fevereiro de 2014

Flávio Dino reúne movimentos sociais e população em Urbano Santos com Diálogos pelo MA

A passagem de Flávio Dino e o movimento Diálogos pelo Maranhão em Urbano Santos foi marcada pela intensa participação popular e movimentos sociais do município. Recepcionado por centenas de pessoas, Flávio Dino falou sobre a urgência de mudar o modelo de desenvolvimento do Maranhão: “A questão que precisamos enfrentar no Maranhão é sobre a vida dos maranhenses. Como ela é e como eles gostariam que ela fosse,” disse.
 
A proposta de modificação do modelo político tem por base a realidade do Maranhão. Segundo Flávio Dino, o paradoxo entre as riquezas dos maranhenses e a falta de condições de vida adequada para a maior parte da população configuram um modelo político e de desenvolvimento desigual.
 
“O Maranhão possui riquezas e todas as pré-condições para que os maranhenses tenham acesso a mais benefícios e mais direitos. Mas por que isso não acontece? A resposta é política: porque o grupo que governo o estado há quase 50 anos prefere implantar um modelo de governo que promove a desigualdade,” afirmou Flávio Dino.
 
O retrato dessa realidade foi relatado pela presidenta do Grêmio Estudantil do Centro de Ensino Stephanio Araújo – a estudante Daniele. Segundo ela, grande parte dos jovens de Urbano Santos não têm oportunidade de frequentar o Ensino Médio e Superior por falta de escolas públicas. “Aqui temos só uma escola estadual e não dá conta de atender tantos jovens entre os 34 mil habitantes,” reclamou.
 
Outra participação de destaque foi a do motorista Francisco José, que participou do evento realizado no município de Urbano Santos. Francisco falou do combate à corrupção e destacou a transparência e o senso democrático do movimento Diálogos pelo Maranhão. “Isso, sim, é democracia. Quando você pode conversar com quem tem propostas pro Maranhão e conhecer nos detalhes aquilo que o Maranhão quer, precisa e espera,” disse.

A presença de sindicatos, movimentos sociais, trabalhadores do campo e da cidade demonstrou a força social que o movimento Diálogos pelo Maranhão tem alcançado ao longo de quase um ano de caravanas percorrendo o Maranhão. Em Urbano Santos, o evento aconteceu na sede do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais (STTR) e acentuou a participação social cada vez mais ativa no processo de construção de um novo modelo político e administrativo para o Maranhão.
 
Foi o que lembrou Raimundo PC, liderança de Urbano Santos, ao destacar a presença de diferentes movimentos sociais e sindicais no debate sobre a realidade do Maranhão promovido com o movimento Diálogos pelo Maranhão.“Aqui temos pescadores, agricultores, moto-taxistas, professores, estudantes. É com essas vozes e essa força que vamos ajudar a construir um Maranhão melhor para todos,” disse.
 
Estiveram presentes os deputados Rubens Pereira Júnior (PCdoB), Marcelo Tavares (PSB), Waldir Maranhão (PP), lideranças de Chapadinha, Belágua, Magalhães de Almeida, Itapecuru-Mirim, Nina Rodrigues e Mata Roma.

Nenhum comentário:

Faça seu pedido de amizade no FACEBOOK...

Click na imagem...