Seis por metade de meia duzia...

"aquilo que se faz por amor está além do bem ou do mal". - Nietzsche

terça-feira, 18 de fevereiro de 2014

Prefeito Edivaldo garante pagamento de mais três parcelas a cooperados e terceirizados

O prefeito Edivaldo Holanda Júnior garantiu, nesta segunda-feira (17), o repasse de mais três parcelas do pagamento aos cooperados e terceirizados das empresas Multicooper e Result Consultoria e Gestão. O valor referente ao vencimento foi depositado em juízo e, do mesmo modo que no mês anterior, aguarda liberação para que possa ser transferido a todos os trabalhadores que assinaram o acordo individual oficializado perante o Ministério do Trabalho.
 
“Essa liberação do pagamento reflete o nosso compromisso. Estamos cumprindo o prazo acertado e liberamos o mesmo valor da primeira parcela, acima do programado inicialmente, demonstrando nosso respeito aos trabalhadores”, afirmou o prefeito Edivaldo Holanda Júnior.
 
Pelo segundo mês consecutivo, a soma individual recebida pelos cooperados resulta em um salário mínimo, fixado em R$ 724. De acordo com o secretário Municipal de Educação, Geraldo Castro, o pagamento em dia reafirma o comprometimento da Prefeitura de São Luís com os trabalhadores. “A garantia do pagamento de mais três parcelas é reflexo do diálogo incessante e do respeito que o prefeito Edivaldo Holanda Júnior tem com os trabalhadores. Por meio de um planejamento e de um trabalho coletivo asseguramos que os direitos dos trabalhadores sejam respeitados”, afirmou o secretário.
 
O procedimento em relação ao pagamento será o mesmo do mês anterior. Dessa forma, após a liberação dos alvarás, os trabalhadores poderão ter acesso ao vencimento, mediante apresentação do Cadastro de Pessoa Física (CPF) e da carteira de identidade.
ACORDO
O débito com os cooperados e terceirizados das empresas Multicooper e Result Consultoria e Gestão foi deixado pela gestão anterior. Após várias rodadas de negociações, no mês de dezembro a Prefeitura de São Luís propôs um acordo individual como forma de conciliação, parcelando os valores devidos de acordo com os recursos orçamentários disponíveis. Esse pacto foi assinado por mais de 700 trabalhadores entre os dias 18 de dezembro de 2013 e 7 de janeiro de 2014.
 
Os trabalhadores começaram a receber o pagamento no dia 27 de janeiro. No total, três parcelas do vencimento foram liberadas de uma só vez pela Prefeitura e repassadas aos trabalhadores após homologação pelos juízes do trabalho responsáveis pelo processo, o titular Paulo Mont'Alverne, e a juíza substituta, Angelina Costa. “O empenho da vara trabalhista foi fundamental para garantir que as negociações tivessem sucesso e nos trâmites da liberação do recurso aos trabalhadores”, frisou Geraldo Castro.

Nenhum comentário:

Faça seu pedido de amizade no FACEBOOK...

Click na imagem...