Seis por metade de meia duzia...

"aquilo que se faz por amor está além do bem ou do mal". - Nietzsche

segunda-feira, 5 de maio de 2014

Hilton Gonçalo: Aposta na via alternativa ganha fôlego

 
A campanha de Hilton Gonçalo (PDT), pode se tornar a mais singular e surpreendente desta disputa estadual deste ano. Afinal sofreu uma reviravolta nos últimos dias, com as novas mudanças no cenário político local. Ao anoitecer no último dia 16 de abril, o ex-prefeito de Santa Rita, estava em sua cidade natal, Pastos Bons, quando recebeu ligações de dirigentes do seu partido, desejando que voltassem a discutir com urgência a candidatura majoritária. O convite foi recebido com exaltação, uma vez que Hilton Gonçalo nunca desistiu do projeto de disputar o cargo e se tornar governador.
"Nossa candidatura é viável", afirmava ao responder as ligações. Pela sua animação, tinha-se a impressão de que o médico, mais do que surgir a oportunidade de garantir sua candidatura, era o vencedor do pleito. Um exagero para quem olhava de fora, mas algo compreensível se visto do lado de dentro, dos bastidores de quem o acompanha.
Afinal, o que Hilton Gonçalo estava alardeando era o primeiro movimento consistente no cenário político a favor de sua candidatura, após um período de quase um ano em que tentou convencer o seu partido, buscando até outras legendas para viabilizar seu projeto.
Nesse cenário, o retorno da discussão de Hilton Gonçalo teve efeito imediato. Serviu para aproximação de legendas, algumas esquecidas e outras descontentes com a condução do processo. Esquentou os debates internos e externos, cada vez mais nervosos, uniu finalmente o PDT e, de lambuja, espalhou uma irrefreável sensação de uma alternativa a dois modelos que buscam polarizar a disputa.
Sensação também justificável, segundo o pré-candidato a governo do PDT. Dias atrás, quando o PDT ameaçava a entregar os pontos e aceitar a submissão, Hilton Gonçalo fez o seguinte comentário: "Quando entramos na discussão, o partido não discutia outra possibilidade, apenas indicar a vaga de vice-governador, como se tivesse que ficar restrito ao apoio do grupo que tenta liderar a oposição no Maranhão. Nosso objetivo não é dividi-la, mas oferecer um debate mais amplo para a sociedade. Hoje, se considerarmos que quase 1 de milhão de maranhenses, segundo as pesquisas, não estão interessados em votar nestes dois projetos que estão apresentados, podemos dizer que a nossa candidatura é totalmente viável".
Um mês antes, dificilmente alguém da pré-campanha de Hilton Gonçalo faria afirmações tão convictas. A tensão causada pelo posicionamento do partido, chegou a afastar o pré-candidato ao governo das discussões, mas o cenário se modificou e ele voltou para o centro da discussão.
Hilton caminha a passos largos para consolidar sua candidatura. Esta semana, recebeu a declaração de apoio do vice-presidente do PV, Washington Rio Branco. Já esteve reunido com o presidente do PMN, deputado estadual Eduardo Braide. Tem buscado dialogar com PR, PROS, PTC e PP. O pré-candidato do PDT, não fecha as portas e diz legítimo ter o direito de buscar alianças.

Nenhum comentário:

Faça seu pedido de amizade no FACEBOOK...

Click na imagem...